UNIDADE

Publicado: 03/03/2012 por Rubem Cruz em Somos Um
Tags:

Olá pessoal, é muito bom poder estar trazendo algo da parte de Deus para vocês. Deus os abençoe:
Assim que estava pensando e pedindo a Deus direção sobre o que escrever, Deus me incomodou para que falasse sobre unidade. Mas então me veio a dúvida: unidade ou união? Então pesquisei a origem de cada palavra para perceber qual era mais apropriada. Ambas as palavras tem origem da palavra unus do latim que significa um, mas unidade refere-se a algo que é um ou único, já a união é o ato de unir, de juntar. Percebam uma coisa: tudo aquilo que está unido (em estado de união) está sujeito a uma separação, mas aquilo que está em unidade não, porque só há um e não há como dividí-lo. Assim é muito melhor estar em unidade que estar em união, e é justamente isso que Deus quer de nós.
” E disse o Senhor: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.” Gênesis 11:6
O contexto do versículo acima é o seguinte: o povo de Israel decide se unir para construir a Torre de Babel, uma torre muito alta para ficarem famosos e com muita glória, Deus não gostou da intenção do coração deles, mas quando viu o que estavam fazendo disse as palavras acima. Com esse versículo, nós percebemos que, quando estamos em unidade, somos mais fortes contra todas as adversidades, inclusive contra as armadilhas de Satanás, que está ao nosso redor tentando nos tragar (I Pedro 5:8). Por isso mesmo que é tão difícil nos mantermos unidos: o diabo também sabe que, quando somos um, ninguém irá nos parar e por isso faz tudo para tirar nossa unidade, causando discórdias  brigas entre nós. Porém nós devemos estar atentos a essas ciladas e devemos nos fortalecer e nos esforçar para sermos realmente um.

Deus nos alerta que não devemos estar sozinhos, mas é melhor vivermos em unidade.

“ Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro: mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Eclesiastes 4:9-12
Além dessa, muitas outras passagens no decorrer da bíblia estimulam a união como: Efésios 4:1-6 e Romanos 12: 5.

A seguir eu listo algumas características que devem estar presentes em nossos relacionamentos para que eles possam ser cada vez mais fortes, eficazes e abençoadores:

1. Nossos relacionamentos devem estar baseados no amor.
” Ele respondeu: ‘Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame a seu próximo como a si mesmo'”. Lucas 10:27
“Amados, amemos uns aos outros, pois o amor precede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus”. I João 4:7

Jesus nos ensina que nós devemos amor o nosso próximo como a nós mesmos, ele não apenas nos ensina com palavras, mas em todas as suas atitudes com leprosos, prostitutas, paralíticos, etc. Ele mostrou esse amor. Amor ao nosso próximo como a nós mesmos implica em fazermos com ele aquilo que gostaríamos que fizessem conosco.
Além desses exemplos, a bíblia vem cheia de versículos que estimulem o amor.
Esse amor deve ser como o amor descrito em I Coríntios 13 (não deixem de ler).

2. Nossos relacionamentos devem refletir o relacionamento de Deus com Jesus.
“Para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.” João 17:21
Nossos relacionamentos devem sempre refletir a unidade do Pai com o Filho, ou seja, devem ser relacionamentos santos, para que as outras pessoas possam ver através desses relacionamentos que Jesus existe, possam crer nEle, portanto devemos nos esforçar para que sejam relacionamentos realmente santos, ou seja separados de todo o pecado, toda a maldade, inveja, arrogância, entre outras características que não provêm de Deus.

3. Devemos tomar cuidado com as nossas companias
Como já diz o ditado popular:
“Diz-me com quem tu andas e te direi quem tu és.”
Estudos sociólogos comprovam que quando estamos em grupo nossas atitudes são mudadas por influência desse grupo. Portanto nós devemos ter cuidado com a nossa compania, pois ela poderá nos levar para caminhos maus ou para caminhos bons, dependendo de quem são.
É claro que nós não podemos nos isolar do mundo, pelo contrário, a bíblia diz que nos estamos nele, mas estamos nele para sermos sal e luz e não para sermos influenciados por ele. Por isso devemos comecer nossos limites pessoais.

Deus abençoe a todos. Que Deus possa fazer que essa mensagem entre no seu coração e der frutos. Lembre-se dela no seu dia-a-dia.

Brenda Gonçalves

https://www.facebook.com/profile.php?id=100003295331317

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s