FLORES E ESPINHOS

Publicado: 13/07/2012 por Rubem Cruz em Amor
Tags:, ,

Olá pessoal, como é bom está com vocês mais uma vez.

Essa semana os blogueiros escreveram textos extraordinários, como vocês sabem, sexta é dia do meu amigo Theo, mas ele tem dado um tempo do oficio de colunista, então hoje vocês ficarão comigo e lerão sobre namoro \o/\o/\o/.

Sei que todo mundo adora esse assunto, então decidir tratar de algo delicado, mas que é muito importante para que um namoro chegue ao casamento.

Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.
Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.
Romanos 7:19-20

Como sabemos somos pecadores, claro que aqueles que aceitam Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas são pecadores justificados pelo sangue de Jesus, como nós graças a Deus. E pode ter certeza que a pessoa que você vai se envolver também é pecadora, espero que justificada também, como já disse varias vezes não viva em julgo desigual, encontre alguém dentro do seu arraial, alguém que já entregou a vida a Jesus. Mas voltando ao assunto você namora alguém justificado mas que é pecador, que muitas vezes vai fazer o mal que não quer e não vai conseguir fazer o bem que quer, porque o pecado habita nela.

Ai que está à questão que quero tratar hoje: Até onde você aguenta o pecado do outro?

Até onde você aguenta as limitações do outro?

Meninas tirem essa ideia de príncipe encantado que vocês formaram na cabeça por conta da TV e meninos tirem essa ideia de mulherão que vocês formaram na sua cabeça por conta da TV.

Quando você encontrar aquela pessoa que você tanto aguarda ou você que já encontrou saiba que ela virá cheia de defeitos, crises, pecados, feridas, etc. Nossa Rubinho assim você me desanima…

Não galera só estou falando a verdade, faça o seguinte olhe para você mesmo, você verá que você é cheio dessas coisas que citei, então não espere alguém perfeito para você se relacionar, o namoro é o tempo que você tem para conhecer o outro, por isso sou a favor da corte, porque você não se compromete fisicamente e aproveita esse tempo para conhecer melhor essa pessoa. Por exemplo: talvez vocês meninas não goste de um homem preguiçoso, porco, que não se cuida e o namoro vai ser o tempo de você descobri se você vai conseguir suportar viver com alguém assim, talvez vocês meninos não goste de mulher fofoqueira ou faladeira o namoro vai ser o tempo para você conhece-la.

Galera, parem de achar que o amor é aquela coisa que você olha para a menina e ela olha para você e plim, toca um sininho e pronto vocês vão se amar para sempre, isso é mentira pessoal, amor é uma escolha diária é você ver os defeito do outro e escolher ficar mesmo assim, é você passar a gostar daquilo que o outro gosta, é se esforçar, claro que você sabe seu limite, você também não é obrigado a ficar com ninguém, talvez você esteja com alguém e depois de algum tempo descobriu que essa pessoa tem alguma dificuldade que você não consegue suportar, mesmo você sabendo que Jesus pode mudar a história dessa pessoa, você não quer esperar, então termine, mas se você acha que consegue suportar, lute por seu amor.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:4-7   

Quero dizer para vocês que nenhum amor existe sem perdão, o perdão talvez seja a maior demonstração de amor que podemos dar, tem um texto de Padre Fabio de Melo que ele diz assim:

O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.
O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: “Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto.”

Essa pessoa que o Senhor te deu, faça dela seu jardim, cultive, cuide, regue ela de amor, carinho, atenção, da palavra de Deus, mas como toda flor você encontrará espinhos, flores e espinhos são belezas que se dão juntas, não queira uma só. Faça o que Jesus fez conosco, olhe para aquela pessoa como se já avistasse um jardim, foi isso que Jesus fez com Pedro, a mulher adúltera e conosco, Ele viu o jardim, quando ainda só havia terra seca.

No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo
1 João 4:18

Não tenha medo, apenas AME.

Deus abençoe vocês pessoal e até a próxima!

Rubem Cruz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s