CONTAMINADO – A PATERNIDADE

Publicado: 27/09/2012 por Rubem Cruz em Vida Devocional
Tags:, ,

Olá pessoal! Que saudade de vocês, tenho que dizer que tenho estado em falta com vocês, me perdoem pessoal, mas faltam poucos dias para o meu casamento ai já viu né correria total, demorei mas finalmente terminarei a serie contaminado.

Como vinha falando com vocês Deus tem me ensinado muitas coisas e depois de ser muito ministrado pelo Espírito Santo, comecei a entender a Graça e o Amor de Deus, e para começar esse texto queria compartilhar uma porção da palavra do Senhor, uma parábola bem conhecida de todos nós.

E disse: Um certo homem tinha dois filhos;
E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda.
E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente.
E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades.
E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos, a apascentar porcos.
E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada.
E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome!
Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti;
Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros.
E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou.
E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho.
Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alpacas nos pés;
E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos;
Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.
E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças.
E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo.
E ele lhe disse: Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo.
Mas ele se indignou, e não queria entrar.
E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento, e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos;
Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado.
E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas;
Mas era justo alegrarmo-nos e folgarmos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu; e tinha-se perdido, e achou-se. 
Lucas 15:11-32

Essa parábola é maravilhosa, irmãos primeiro quero dizer que Jesus é muito, muito, muito extraordinário, suas parábolas eram sensacionais,mas agora vamos falar dessa especificamente.

Quero que vocês pensem algumas coisas comigo, um filho que chegue para o Pai e fala, me dá minha parte na herança tá falando para o Pai assim:

Morre logo seu velho porque eu quero meu dinheiro. Irmãos um filho falar isso na nossa cultura já é terrível imagina na cultural oriental, que tem toda uma reverência ao pai, o que esse filho fez era imperdoável, e por isso Deus usou esse exemplo, Ele sabia que iríamos errar feio, conhecemos a parabola o pai sempre esteve esperando o filho, eu imagino o pai olhando na janela, esperando a hora que seu filho voltasse e ele voltou e o pai estava lá e o filho mesmo estando longe o tempo todo sabia que tinha um pai. É assim conosco, erramos, nos afastamos, mas sabemos que temos um pai e que Ele está sempre esperando, mas infelizmente muitas vezes a igreja e as pessoas nos mostram um Deus cruel, que quer que façamos tudo certinho, que trabalhemos muito para que ai então Ele nos ame e quase sempre irmãos acreditamos nessa mentira infernal e cremos que para ser filho temos que cumprir um monte de tarefa dada por Deus.

E ai era o ponto que eu queria chegar, vamos ver o outro irmão

Mas ele se indignou, e não queria entrar.
E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento, e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos;
Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado.
E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas;

Eu por muito tempo fui o irmão mais velho galera, achava que fazendo as coisas todas certinhas, cumprindo o ritual, as tarefas eu seria mais amado, mais espiritual e olhava para os outros filhos com olhar de superioridade e me achava melhor e me indignava quando achava que eles tinham coisas melhores que as minhas. Ah irmãos como somos tolos as vezes perdemos tanto tempo pensando que somos bons demais, quando só somos o que somos por conta da Graça, irmãos se vocês repararem o filho mais velho momento nenhum chama o pai de pai, ele no fundo não tinha o sentimento de filho e sim de servo, de cumpridor daquilo que ele achava que o pai queria dele, fazemos tantas coisas que dizemos que é para Deus, mas é apenas para nosso ego muitas vezes.

Galera de uma vez por todas recebam a paternidade de Deus na sua vida, você é filho(a) amado(a) de Deus, não deixe a síndrome de filho mais velho te dominar, saiba que você não precisa fazer nada para Deus te amar mais ou menos e perceba que não podemos mais viver na lei e sim na graça, temos de parar de colocar um padrão de santidade muito alto para as pessoas e para nós, Deus te perdoa não importa o que você fez.

Muitas vezes olhamos a Graça e achamo-la muito liberal e a Lei parece uma coisa divina e santa, mas Deus nos fez para viver na Graça e no seu amor, Ele não desiste de você, não importa o que você faça ou aonde você esteja, Ele te espera, pare de olhar para o outro com olhos de acusação e olhe com os olhos da Graça, porque é assim que seu Pai te olha todo dia.

Abraço Galera e até a próxima!

As primeiras partes da série 😉

Contaminado

Contaminado 2

Deus abençoe a todos

Rubem Cruz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s